quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Prefeitura de Rio das Ostras oferece 760 vagas para cursos profissionalizantes gratuitos / Inscrições abertas para curso gratuito de salvatagem.



A Prefeitura de Rio das Ostras, por intermédio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, está com inscrições abertas até sexta-feira, 23 de setembro, para o preenchimento de 760 vagas em cursos profissionalizantes de diferentes áreas. O processo seletivo inclui uma avaliação com questões objetivas que será realizada entre os dias 24 e 26 deste mês.  Os cursos oferecidos são: almoxarifado, auxiliar  administrativo, auxiliar de operações em logística, auxiliar de recursos humanos, caldeiraria, camareiro, movimentação de cargas e informática administrativa. O cadastro deve ser feito no endereço eletrônico www.riodasostras.rj.gov.br/qualificacao.
Com cargas horárias variadas, entre 72 horas e 200 horas de duração, os cursos integram o Programa Municipal de Qualificação  Profissional. Para concorrer a uma das vagas nas áreas de auxiliar administrativo, auxiliar de operações logísticas, auxiliar de recursos humanos e caldeiraria, é preciso ter Ensino Médio completo. Para as demais áreas, é suficiente ter o Ensino Fundamental completo. Outros pré-requisitos são residir em Rio das Ostras e ter, no mínimo, 17 anos. O edital completo está disponível no site da prefeitura.
Todas as aulas serão realizadas de segunda a sexta-feira, nos turnos da manhã (8h às 12h), tarde (13h às 17h) e noite (18h às 22h) nos seguintes locais: Centro Municipal de Qualificação Profissional, Escola Municipal Francisco de Assis Medeiros Rangel, Escola Municipal Maria Teixeira de Paula, Escola Municipal Padre José Dilson Dórea, Centro Municipal de Inclusão Digital e Telecentro do Operário.

AVALIAÇÃO – A prova de avaliação, que será realizada no Centro Municipal de Qualificação Profissional (localizado na Rua do Engenheiro, quadra F, lote 9 C, na Zona Especial de Negócios), na data  e horário descritos na ficha de inscrição do candidato, são de natureza classificatória. Serão 20 questões, sendo 10 de Português e 10 de Matemática, todas de múltipla escolha, com conteúdo programático referente ao Ensino Fundamental ou Médio, de acordo com o nível de escolaridade exigido no curso no qual o candidato está inscrito.
Os candidatos classificados devem apresentar a documentação exigida a partir do dia 28 na sede da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Praça Prefeito Cláudio Ribeiro, s/nº - Extensão do Bosque), entre 8h e 17h.



Inscrições abertas para curso gratuito
 de salvatagem em Rio das Ostras

Uma parceria da Secretaria de Ciência e Tecnologia de Rio das Ostras com a empresa de treinamento Sampling está oferecendo 50 vagas no Curso Básico de Segurança na Plataforma – Salvatagem. Obrigatório para todos os profissionais que trabalham ou pretendem atuar embarcados, o curso ensina técnicas de sobrevivência no mar, prevenção e combate a incêndios, primeiros socorros e estimula um bom relacionamento a bordo das unidades offshore. As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico www.riodasostras.rj.gov.br/qualificacao até o dia 28 de setembro.
O curso, que será ministrado por docentes da empresa, vai ter encontros presenciais realizados no Centro Municipal de Qualificação Profissional, localizado na Zona Especial de Negócios (ZEN) e aulas práticas. Para participar do processo seletivo é preciso ter concluído Ensino Médio, feito curso técnico, tecnológico ou de qualificação profissional destinado ao trabalho em unidades offshore, residir em Rio das Ostras há, pelo menos, dois anos, idade a partir de 18 anos e boas condições de saúde física e mental. 
Haverá avaliação objetiva do candidato que será realizada no Centro Municipal de Qualificação Profissional, no dia 1º de outubro, composta de 20 questões objetivas: oito de Português, oito de Matemática e quatro de conhecimentos gerais, todas de múltipla escolha.

            ACESSO À INTERNET - Para quem não tiver acesso à internet, as inscrições podem ser feitas nos seguintes locais: Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (Praça Prefeito Cláudio Ribeiro, s/n.º, Extensão do Bosque); Centro Municipal de Inclusão Digital de Cantagalo (Estrada da Califórnia, s/nº, Cantagalo); Centro Municipal de Inclusão Digital (Rua da Assembléia, s/n.º, Bairro São Cristóvão);  Telecentro do Operário (Estádio Municipal Julieta Carvalho, Rua Francisco Ivanilson Guimarães de Barros, s/n.º, Operário) e Centro Municipal de Qualificação Profissional (Rua do Engenheiro, quadra F, Lote 9C, Zona Especial de Negócios).



Rio das Ostras realiza curso de capelania para voluntários
Pessoas de todas as religiões são capacitadas para prestar assistência no Hospital e Pronto-Socorro Municipais 





Um trabalho voluntário que traz conforto e esperança para os enfermos vem mostrando excelentes resultados em Rio das Ostras. É o serviço de capelania e assistência religiosa do Hospital e Pronto-Socorro Municipais. Na última segunda, dia 19, mais doze pessoas passaram a integrar o grupo depois que receberam o certificado de um curso de capacitação na área.
 “O discurso de todos os voluntários é ecumênico, universal, de amor e fé, respeitando a crença de todas as religiões”, explica o capelão João Damasceno, guarda municipal.
Damasceno informa que o principal pré-requisito para o trabalho de capelania é a capacitação no curso de 20 horas de aulas teóricas e 70 horas de aulas práticas.
O curso orientou os voluntários sobre as técnicas de abordagem do paciente, ética, moral, comportamento, o ambiente hospitalar e seus cuidados. Além da capelania hospitalar, abordou ainda conhecimentos sobre capelania prisional e militar.
Em fevereiro, outro curso de capelania será ministrado no Hospital Municipal de Rio das Ostras. Atualmente, 46 voluntários já se inscreveram para participar e se habilitar a prestar atendimento religioso.
A Capelania foi idealizada por dois guardas municipais da Secretaria de Ordem Pública e Controle Urbano e implantada no município no ano passado, quando seis pessoas também participaram de um curso de capacitação. “É muito gratificante sentir que simples palavras oferecem conforto e esperança a uma vida que está num leito”, complementa o capelão Damasceno.
Para o subsecretário de Ordem Pública, Túlio Nogueira, o trabalho é louvável, uma vez que se trata de uma “dedicação voluntária, que gera conforto às pessoas enfermas”
O diretor administrativo do Hospital Municipal, André Louback, que também é o coordenador do curso de Capelania, informa que para a visitação religiosa é necessário um credenciamento na própria unidade de saúde. “Cada instituição religiosa deve indicar seus visitadores. Atualmente, 50 igrejas estão credenciadas. Todas as que tiverem interesse, podem se credenciar”, diz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário